A Editora UFMG lança nesta quarta-feira, 18 novembro, o livro Mergulho na região do espanto do romancista e ensaísta Rui Mourão. O livro completa a trilogia sobre Ouro Preto, que veio se desenvolvendo com Quando os demônios descem o morro (Casa&Palavra, 2008) e Boca de chafariz (Editora UFMG, 2010).O enfoque é a sociedade do ouro desenvolvida na antiga Vila Rica. O leitor tomará conhecimento da epopeia que foi a conquista do território e a resultante política da Inconfidência Mineira, a fracassada conspiração que se transformou em tragédia, mas não deixou de constituir o cimento da libertação do país, quando a independência aconteceu. Com esse pano de fundo, o que se passa é o drama interior de um homem que busca desesperadamente encontrar seu destino.
A perspectiva de Mergulho na região do espanto é simbólica, intemporal e transcendente, tornada possível pela técnica do realismo mágico. Absolutamente original. Sua modernidade revela o quanto a obra de Rui Mourão consegue alcançar, em nível semelhante às melhores realizações literárias do país e do exterior.
O evento acontece em Belo Horizonte, na Academia Mineira de Letras (Rua da Bahia, 1466, Lourdes).

Mergulho na região do espanto - Romance
Rui Mourão
Editora UFMG
Área: Literatura Brasileira
Coleção: Obra avulsa
2015. 341 p. ISBN: 978-85-423-0142-7
Dimensão: 20 x 14 x 2 cm
Peso: 395 gramas
Preço: R$48,00

Sobre o autor:
Rui Mourão nasceu em Bambuí-MG. Romancista e ensaísta, lecionou Literatura Brasileira na Universidade de Brasília e nas Universidades de Tulane, Houston e Stanford, nos Estados Unidos. Participou dos movimentos das revistas literárias Vocação e Tendência, tendo sido diretor desta última. É membro da Academia Mineira de Letras. Foi editor do Suplemento Literário do Minas Gerais, chefe do Departamento Cultural da Imprensa Oficial do Estado de Minas Gerais, diretor-executivo da Fundação de Arte de Ouro Preto, coordenador do Grupo de Museus e Casas Históricas da Fundação Pró-Memória em Minas Gerais e coordenador do Programa Nacional de Museus, as duas últimas funções acumuladas com a de diretor do Museu da Inconfidência, cargo que ocupa desde 1974.

 

Editora da Universidade Federal de Minas Gerais

Receba nossas promoções em seu e-mail!